Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   
(11) 3868-3542
Login
Senha

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Passo a Passo da Importação

1. Providencie o RADAR (Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros) junto à unidade de fiscalização aduaneira da Secretaria da Receita Federal (SRF).

2. Providencie a fatura pró-forma detalhada da mercadoria a ser importada;

3. Providencie a licença de importação (L.I.);

4. Contrato de câmbio: com a licença de importação aprovada, solicite junto ao banco, o documento para a forma de pagamento negociada com o exportador, quando se tratar de pagamento antecipado.

5. Providencie o embarque da mercadoria;

6. Com a chegada da carga agilize sua liberação.

6a. No ato do registro da D.I. deverão ser pagos: Imposto de Importação (I.I), Imposto sobre Produtos Industrializados (I.P.I), ICMS, PIS, COFINS e a taxa de utilização do Siscomex.

6b. As alíquotas dos impostos deverão ser consultadas na T.A.B, de acordo com a classificação tarifária dos itens.

Outras despesas que incidem na Importação

Via Marítima

7. A.F.R.M.M. (Adicional ao Frete para Renovação da Marinha Mercante): 25% sobre valor do frete (MpNr 1627-31 Dou 14.01.1998).

8. Despesas no Agente Marítimo:

a. Capatazias;
b. Demurrage;
c. Handling;
d. Taxa de liberação do conhecimento marítimo (BILL OFF LADING): US$ 35.00 (por BL);
e. Taxa de desconsolidação;
f. Taxa de tradução;
g. Depósito de garantia de container;
h. Despesas administrativas;

9. Despesas nos recintos alfandegados (Terminais portuários e EADIs).

 

 

S2LOG 2012©TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
DESENVOLVIDO POR: